Irani

Notícias

14/09/2016

IRANI é uma das vencedoras do Top Ser Humano da ABRH(RS)

Porto Alegre, 14 de setembro de 2016 – A Companhia foi reconhecida no Prêmio Top Ser Humano, pelo case Escola de Resinagem. Esta é uma iniciativa da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio Grande do Sul (ABRH-RS) para reconhecer as organizações do estado que desenvolvem boas práticas de gestão de pessoas. Essa é a primeira vez que a IRANI receberá a honraria, cuja cerimônia de premiação será realizada no dia 27 de setembro.

Criada em julho de 2015 com o objetivo de buscar uma melhor eficiência operacional e contribuir para o resultado do negócio, a Escola de Resinagem da IRANI, com 552 horas de programação, já qualificou 47 colaboradores. Por meio deste projeto desenvolvido na unidade Resina RS, em Balneário Pinhal (RS), a Companhia já constatou um aumento de produtividade por colaborador e a redução no turnover, contribuindo com a perenidade do negócio.

A unidade produz breu e terebintina a partir da extração da goma-resina das florestas de Pinus elliottii. A produção de estrias (estriagem) é uma etapa do processo de resinagem, que implica no volume de goma-resina extraída e varia muito entre os colaboradores, além de não apresentar volume constante. Por outro lado, as técnicas de manejo e produção pouco evoluíram até hoje.

A baixa retenção da mão-de-obra no primeiro ano de contratação demonstrava instabilidade no quadro de pessoas, o que trazia impactos importantes para o negócio. A Escola de Resinagem surgiu em meio a esses desafios, concebida para o treinamento dos colaboradores admitidos na função de Ajudante de Produção, com foco na atividade de estriagem.

A característica principal é capacitação on the job, ou seja, na floresta. A solução é inovadora no segmento e o método utilizado na construção do programa, baseado no Lean Manufacturing, trouxe um diferencial para a escola. “Pessoas desafiadas e valorizadas é um dos valores da IRANI. Nós acreditamos que a preparação adequada para a função é um dos fatores que dá sentido ao trabalho. Isso gera um sentimento de pertencer e estimula o engajamento das pessoas”, explica a gerente de Desenvolvimento de Pessoas Liliane Rodrigues.

Avalie:
Compartilhe:

27/09/2017

Orgulho é a palavra que nos define: pela segunda vez consecutiva recebemos o Prêmio Top Ser Humano da ABRH-RS

Honraria foi recebida pelo case “Movidos por desafios – Disseminação da estratégia”.

06/09/2017

Somos troféu bronze no Prêmio Qualidade RS

Em sua 22ª edição, o Prêmio reconheceu as organizações que mais se destacaram na busca pela melhoria contínua do seu sistema de gestão.

24/08/2017

É tempo de celebrar! Somos troféu diamante no Prêmio Catarinense da Excelência 2017

Lançada em 2004, esta iniciativa reconhece, anualmente, as organizações que se destacam pela excelência na gestão e resultados.

18/08/2017

Parcerias que geram valor

Em março de 2015, após anos de pesquisa, a companhia encontrou na GTNH a possibilidade de realizar uma parceria para viabilizar um novo projeto. Com a iniciativa, haveria a possibilidade de garantir sobrevida aos resíduos da caldeira e evitar a emissão de gás metano no aterro da Irani.

11/08/2017

Receita líquida da Irani cresce 6,4% no 2T17 e atinge R$ 208,8 milhões

Índice é comparado ao resultado do mesmo período em 2016. Resultado reflete melhor performance em vendas e preços no mercado interno.

31/07/2017

Case da Irani é divulgado no Anuário de Sustentabilidade da Editora Expressão

Lançamento da publicação foi realizado na última sexta-feira (28), na Sede da FIESC, em Florianópolis (SC).

26/06/2017

Irani confirma participação na segunda edição da Feira GERA

Evento chega à segunda edição e faz parte do calendário do centenário do município e das comemorações dos 77 anos da ACIOC.

06/06/2017

Hoje é dia de festa! #76anos

Uma mensagem especial dos nossos 76 anos.

05/06/2017

Existe uma história por trás de cada produto da Irani

28/04/2017

Receita líquida da IRANI cresce 2,1% no 1º trimestre de 2017 e atinge R$ 195 milhões, com melhor performance de vendas no mercado interno

Aumento em relação ao 1T16 também foi influenciado pela redução da receita no mercado externo em função da queda do dólar; resultado é estável na comparação com o 4T16